fbpx
Política Brasil

‘Houve maquiagem nas contas da Presidente Dilma’, afirma ministro do TCU”. E agora. A caminho do IMPEACHMENT?

Compartilhe

“Houve uma maquiagem”. Isso foi dito literalmente pelo MINISTRO. E agora, fica por isso mesmo? Em qualquer país sério uma declaração dessa magnitude dada por um ministro do Tribunal de Contas da União geraria consequências graves.

O ministro disse também que já fazem mais de 12 anos que as contas da PRESIDÊNCIA não tem sido discutidas.Ha contas de LULA, Dilma e Collor que ainda não foram analisadas.

Segundo o próprio ministro, a imprensa não divulgou o ocorrido. Por que será? Perguntamos.

Até quando iremos aguentar? Será que a sociedade brasileira perdeu a capacidade de se indignar com a roubalheira e incompetência generalizada que assola o nosso país? Precisamos tratar da mesma maneira que tratamos assassinos e ladrões os políticos corruptos que desviam e administram mal o dinheiro que poderia ser usado para salvar vidas, construir casas, melhorar as escolas, salários dos professores etc

Se houve maquiagem alguém tem que ser responsabilizado! Se houve maquiagem alguém maquiou. Quem foi?

Segundo entrevista concedida a Veja.

Uma plataforma tem o custo de 4 ou 5 bilhões. A refinaria Abreu e Lima começou em torno de 5 Bilhões e já está em mais de 20 bilhões. Portanto há evidente falta de planejamento e incompetência. Se falássemos de milhões já seria algo grave, mas já se faça em bilhões e nada se faz.

O ministro disse que o TCU acompanha as irregularidades ha anos, e vem informando o governo sobre isso. Graça Fostes também foi advertida diretamente pelo TCU.

O ministro Ribeiro Nardes, disse que esteve com Graça Foster e ela lhe disse que sabia da situação. O Ministro disse que Foster demonstrou preocupação. Mas no momento o TCU não tinha ainda noção de que os números eram mais altos ainda do que o TCU havia apurado. A realidade só veio a público depois das delações premiadas.

O ministro chegou a dizer essa semana que já era de conhecimento do alto escalão do governo que havia problemas graves na Petrobrás, e que por isso Graça Foster foi colocada na presidência da estatal.

João Augusto Ribeiro Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União e relator das despesas da Presidente Dilma Rousseff em 2015 foi taxativo: “2,3 trilhões de reais não estão contabilizados nas contas da presidência”.

Segundo Nardes, esse dinheiro é proveniente da previdência atuarial, que soma a previdência dos funcionários públicos. Nardes afirma ainda que “a proposta este ano era não aprovar as contas de Dilma”. E revela que se o país não voltar a crescer entre 3% e 4%, “não há condições de pagar os aposentados”.

“O prejuizo para a nação brasileira foi imenso ” Diz o ministro. As ações que passavam de R$ 25 reais agora estão em R$ 8 reais.

O Ministro diz que advertiu e propôs ao congresso que as obras da Estatal fossem paradas. Mas os parlamentares resolveram continuar. ” 11 diretores ficaram com os bens indisponíveis, da atual diretoria”. Diz o ministro.

O ministro disse que é escandaloso que mais de 60% dos investimentos de 2014 da estatal sejam gastos por meio de carta convite. Ou seja, isso significa que não é realizada uma licitação para contratar de forma democrática as empresas que prestarão os serviços. Isso significa que é necessário fazer parte de uma espécie de “panelinha” de empresas que receberão os convites para participar das “concorrências” que, segundo as delações recentes, na verdade já tinha um resultado pré-definido.

Nas palavras do ministro “fica fácil direcionar para A, B ou C.”

O valor foi algo em torno de 50 bilhões de reais destinados a empresas escolhidas “a dedo”

Nardes disse que os partidos mais citados, PP, PT e PMDB, vivem um sistema perverso, onde é necessário financiamento de campanhas. Segundo o ministro, se permanecer assim surgirão outros escândalos.

Robson A.D. Silva – Sociedade Militar

Compartilhe

Mais acessados da semana

To Top