fbpx
Política Brasil

Petição contra DILMA e Urnas Eletrônicas é a terceira maior já vista na sede do Governo Americano.

Compartilhe

Petição contra DILMA e Urnas Eletrônicas é a terceira maior já vista na sede do Governo Americano.

No site do governo norte-americano, que serve de balcão de reclamações para ativistas políticos e gente indignada de todo o planeta, se vê muitas petições denunciando arbitrariedades políticas dignas de questionamentos não só de Washington, mas da ONU e outras entidades internacionais de defesa da democracia e direitos humanos. Contudo, a maioria das petições ali concentradas tem pouca adesão, em média cerca de 15 mil assinaturas. Só uma quantidade pequena alcança mais que 30 mil adesões e um número muito menor chega a 100 mil.

menorpetição5-1-3_22-26-34_No-00A maior das petições (164.000 adesões) pede simplesmente perdão para Edward Snowden. A segunda maior petição (151.000) vem da China e solicita ao governo dos EUA a deportação de uma chinesa que seria acusada de assassinato, e teria entrado ilegalmente nos Estados Unidos.

A terceira maior petição, a mais recente delas, é a Brasileira. Apesar de ter sido postado recentemente, o abaixo assinado já conta com mais de 142 mil adesões.

A petição faz, em inglês, um apelo para que Washington se posicione contra o bolivarianismo e apuração suspeita dos votos “depositados” em urnas eletrônicas.

Tudo indica que o abaixo-assinado brasileiro logo chegara a um número que o colocará na primeira colocação na lista de petições online, alcançando então um dos seus objetivos, que é – além de sensibilizar OBAMA – informar o mundo sobre o que de errado tem ocorrido no Brasil. A petição tem bastante chance de ser mencionada pela grande mídia norte-americana, por se destacar como a maior, ou pelo menos uma das maiores, da história do canal de participação popular do governo dos Estados Unidos da América.

Quem desejar assinar, ou divulgar, o abaixo assinado, é só clicar AQUI.

Robson A.D.Silva – Revista Sociedade Militar.

Compartilhe

Mais acessados da semana

To Top